Estudos de Caso

Quando a SBI International Holdings AG queria economizar combustível em seus projetos de construção e desenvolvimento na África, eles procuraram a Omnicomm para obter uma solução de gerenciamento de combustível precisa, confiável e abrangente que superasse suas expectativas.

O sensor integrado de nível de combustível e o software de gerenciamento de frota Omnicomm Online geraram uma economia média de 26% do consumo de combustível para os 10 veículos envolvidos no teste.

A SBI International Holdings AG é o braço de infraestrutura global do Grupo Shikun & Binui, especializado em engenharia civil, desenvolvimento e construção. Fundada em 1924, hoje as operações da empresa abrangem o Oriente Médio, a África, a América do Sul e os EUA.

Os maiores projetos da SBI incluem a rodovia Lagos-Ibadan Seção II na Nigéria, a estrada Mbarara-Katuna em Uganda, a rodovia Mughanli-Yevlakh no Azerbaijão, a estrada Perimetral de Oriente de Cundinamarca na Colômbia, a Cimeira Mau - estrada Kericho-Nyamasaria Quênia e o Transversal Del Norte na Guatemala.

Projetos dessa magnitude normalmente envolvem orçamentos que chegam a centenas de milhões de dólares, com uma parcela significativa desses custos gastos em combustível. Portanto, não é surpresa que, quando a SBI quisesse encontrar formas de otimizar eficiências e reduzir custos, a meta de atingir a economia em consumo de combustível era a principal.

Para este fim, a empresa iniciou vários projetos-piloto com alguns fornecedores de soluções de gestão de combustível. Devido ao escopo e a importância do empreendimento, tomar a decisão certa seria um trabalho árduo...mas isso, antes da chegada da OMNICOMM no projeto.

OS NÚMEROS

200
veículos monitorados pela solução completa de gerenciamento de frota da OMNICOMM
10
tanques estacionários controlados
26%
economia média no consumo de combustível
99.2%
precisão do sensor de nível de combustível OMNICOMM

O DESAFIO

A SOLUÇÃO

Denis Repushinski, diretor de sustentabilidade da SBI no Quênia, explica que embora a decisão de buscar soluções de redução de custos tenha sido tomada há algum tempo, a empresa percebeu que não era uma decisão que pudesse ser tomada com pressa. “Vários soluções de controle de combustível foram testados em diferentes filiais na última década”, explica ele. “Alguns fornecedores chegavam a enviar controladores de combustível em campo e nos postos de abastecimento, para supervisionar os processos e garantir que o combustível fosse gerenciado corretamente. Mas somente a OMNICOMM conseguiu trazer a melhor solução."

O gerenciamento e o controle efetivo do combustível em locais remotos do mundo podem ser bastante desafiadores, ainda mais em um projeto desse escopo e importância. A SBI cita o exemplo de um projeto no Quênia em 2012. A operação incluiu uma frota de mais de 600 unidades, incluindo 250 caminhões, com um consumo médio geral de combustível de mais de US $ 1 milhão por mês. Eles estimam que mais de 30% desses custos foram gerados por irregularidades e ineficiências relacionadas a gestão de combustível atual.

Claramente, algo precisava ser feito, e a SBI avançou com o teste de soluções adequadas.

No Quênia, um grupo dos principais fornecedores internacionais de soluções de gerenciamento de frota e gestão de combustível foi identificado. A corrida para a execução dos projetos piloto começaram.

Com o passar do tempo durante os teste, tudo ficou mais claro, e uma empresa se destacou das demais: a Omnicomm. A confiabilidade e os níveis de precisão extremamente altos dos sensores de combustível e da solução de gerenciamento de combustível da Omnicomm proporcionaram a SBI dados precisos e confiáveis 24 horas por dia. Algo ainda mais impressionante foi o fato da solução completa em gestão de frota e combustível OMNICOMM gerarar uma economia média de 26% do consumo de combustível para os 10 veículos envolvidos no teste.

Com alto desempenho e resultados como esses, não demorou muito para que a SBI aprovasse a implantação da tecnologia Omnicomm em mais veículos e máquinas em diversos projetos na filial do Quênia.

O RESULTADO

Atualmente, a SBI utiliza os sensores de nível de combustível Omnicomm (700 e 1000 mm), terminais Omnicomm Profi e Optim e o software de gerenciamento de frota Omnicomm Online operando em mais de 200 veículos e 10 tanques estacionários no Quênia e inúmeros outros aguardando na fila. A SBI está considerando também estender o projeto para suas outras filiais. Além de reduzir os custos de combustível, a solução Omnicomm também se tornou uma ferramenta de gerenciamento indispensável para os gerentes de projeto e engenheiros da SBI que confiam nela para rastrear veículos, identificar mudanças de rota não programadas e realocar veículos em frentes de trabalho visando otimizar ainda mais as eficiências gerais.

A SBI está extremamente satisfeita com os resultados da solução, e Repushinski incita outros operadores frotistas a testarem a tecnologia. “Especialmente aquelas empresas que operam grandes frotas, onde sem o controle da gestão de combustível, as perdas potenciais são significativas”, diz ele.

PALAVRAS DO CLIENTE

Fazer um teste com apenas alguns veículos dá uma excelente indicação de como tudo funciona e as eficiências que podem ser alcançadas. E o custo inicial da solução de gerenciamento de combustível da Omnicomm é insignificante quando comparado às economias que proporciona desde o início. Maior eficiência, quilometragem reduzida, custos de manutenção reduzidos e consumo de combustível reduzido… é o sonho de um gerente se tornando realidade! ”, Denis Repushinski, diretor de sustentabilidade da SBI Kenya